Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rasante

Rasante

13 de Maio: entrevistei o Cardeal da Aparecida!

 

 imagem de Nossa Senhora de Fátima/tirada da net, há 4 dias

 

D. Raymundo Damasceno Assis, Cardeal Arcebispo da Aparecida, preside este ano às cerimónias na Cova da Iria. Falou ao Rasante, mesmo a seguir à Vigília de ontem. Mas já era dia 13. Segredos e mais segredos, registados aqui em cima, que nos recordam o que é essencial. E aponta caminhos para 2017. Como viver uma vida digna desse Nome? Simplicidade, simplicidade, simplicidade...

 

Já a homilia tinha sublinhado este ponto. Porque complicamos? Porque não somos simples, não olhamos como Lúcia, Jacinta e Francisco, que souberam olhar o que parecia uma impossibilidade, e obedeceram. Ela, por seu lado, olha constantemente para o Filho, Jesus Cristo. "Aparecida" numa árvore comum - mas muito valiosa -  a uns meninos iguais aos outros, tornou Portugal local onde Papas ajoelham e Lhe pedem outras "impossibilidades". O Cardeal da Aparecida não quer menos: quer "ser configurado com Cristo", programa para cada um de nós.

 

É isso que quero? Melhor: o que quero? Não há terceira via: a vida ou tem sentido ou é uma grande burricada. Vale a pena parar, e ver o que se passa num local que vai crescendo em turismo religioso e coisas assim, mas onde  a presença do essencial não é apagada por quem, com ou sem intenção, quer é apenas ganhar dinheiro.

1 comentário

Comentar post