Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

Rasante

A barriga proeminente...

Barriga-de-tanquinho-em-pouco-tempo.jpg

 

São muitas as barrigas proemintes. Mas posso sintetizar. Faço-o com algumas questões. Finalmente temos uma silly saison!!!!! Hoje é sobre Portugal que escrevo, outro dia alargo para o estrangeiro, assunto não falta. Então venham as perguntas. Porque é que as atenções vão todas para uma barriga espanhola, proeminente? De onde vem a proeminência? Tudo é possível . Não tem nada a ver, mas apetece-me perguntar se o CR7 pode comprar a lua, e tudo bem? Deixem o rapaz em paz, dizem. Eu deixo.

Outra. Não houve engano nas demissões dos secretários de estado? António Costa, ouvi dizer, diz que que não podia negar esse direito a estes que agora pediram a  sua demissão. Faz hoje precisamente um ano que assistiram à vitória de Portugal, sentadinhos em Paris, por delicadeza da Galp. Proeminências. Mas aqui para nós: porquê um ano depois? Eu acho que sei, mas como não percebo nada de política (parece que é de espacito...).

Fiquei também agora a saber, disseram-me, que se calhar haverá outras proeminências a rolar, entre secretários de Estado e um Ministro. Estou a ver que as férias do primeiro ministro de pouco lhe valeram. Sempre achei que ele deveria ter adiado as férias. Então umas férias já marcadas - foi esse o argumento invocado  - impedem o primeiro ministro de alterar as suas férias? Todos nós por razões proeminentes muitas vezes vimos esse pedido satisfeto. É o interesse nacional que está em causa, caramba!  O que ainda me preocupa mais, porque parece que regressa hoje de férias e não descansou nada. E agora vem com umas ideias, de que a responsabilidade é do SIRESP. E que vai pedir a proeminências estrangeiras, uma empresa  de advogados, um parecer. É mesmo para parecer!!!!! Alguém me explica o que é uma empresa independente?

Outra. Porque é que já se fala na quadra Natalícia? Ainda estamos no princípio do Verão!!!!! Desculpe Senhor Presidente, mas isto ou vai lá  a direito ou as gentes de Pedrógão vão desesperançando e as barrigas vão ficando cada vez menos proeminentes. A seguir ao Requiem de Fauré qual virá, o de Mozart?

Tenho que it trabalhar. Digo só mais isto. Se eu pudesse era "Presidenta" da Fundação Pedrógão. Convidem-me!!!!! O meu querido Portugal tem a barriga cheia de porcaria que não interessa.  Eu não desisto de uma purga paciente, ou mesmo uma cesariana ou cernelha. Este post é desabafo construtivo e motivação para fazer mais e melhor. Eu sou uma voz. Aconselho ouvir e olhar para quem sabe e tem feito obra. Viva a nobreza, barrigas proeminentes que dêm o devido fruto, de muito amor...