Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

Rasante

A vida é questão de músculo

  Satantago (1994)/ imagem tirada da net

 

A vida é questão de braços e de pernas.E é também dois dias. Como sempre, são filosofias o que trago no avental. E a filosofia, ao contrário do que se pensa, trata do "simples". Não parece mas é. Tão simples, tão simples, que é esquecido, adulterado, e pior...

Vamos ao que interessa. Todos nascemos um dia,  e um dia todos morreremos, embora não saibamos nem onde nem como. Contudo todos sabemos que a vida chegou-nos numa espécie de kit que se vai desdobrando e descobrindo., momento a momento. Agora é só decidir: abraço-a com todos os meus braços, ou, "vou andando", "tudo bem" com todas as pernas que for arranjando?

 

A vida, já mo disseram, é "Decisão para a existência". Eu acabo de decidir. Vou abraçá-la ao último trago, até ser por ela abraçada no dia em que iremos para outro lugar. Aí terei a certeza, ou evidência, que por ela sim, fui sempre abraçada. Com cuidado. Porque confirmarei quem foram as caras, os sorrisos, os olhares, os ombros, as lágrimas, as festas que sempre enxuguei, encostei, e me vão sustentando. Realmente isto não se faz sem Companhia. E às vezes não parecendo - porque a liberdade não está em saldos - , isto é muito BOM!