Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

Rasante

Centeno e Centino

image.jpg

imagem tirada da net

 

Estes dias têm sido atribulados. Muitas coisas a rebentar pelas costuras. Muitos valores e seu contrário. Um certo sem tino. Lembrei-me do Pino e Lino e do Lino e Pino.

Hoje é mesmo só para uns desabafos. Hoje é quinta-feira e outro dia. E já li o que diz a Lusa. Gosto dos nomes das coisas, que eles têm significado, dignidade. Rasantes. Conselheiros de Estado, Presidentes da República, Cavaco, Marcelo. Comissões Parlamentares. Centeno.

Cavaco esteve muito tempo calado e hoje - tenho ouvido desde ontem linhas do livro que é hoje lançado no CCB,"Quinta-feira e outros dias" - falou. E vai ficar.

Há horas para tudo. Como diz um dos livros da Bíblia de que gosto mais, o Eclesiastes 3 (1-9): 

"1 Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

2 Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;

3 Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;

4 Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;

5 Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;

6 Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;

7 Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;

8 Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.

9 Que proveito tem o trabalhador naquilo em que trabalha?"