Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.


09
Jul14

Costa dá para que Rui Rio?

por Fátima Pinheiro

Van Gogh, "Os primeiros passos"

Para mim foi novidade, por ter sido ontem. Mas mais vale tarde do que nunca. A pronúncia do Norte levantou-se no “Terça à noite” da RR. Rui Rio está disponível já. Seja para líder do PS, seja para a Presidência da República. Se houver, claro, uma vaga de fundo, “um movimento grande”. “Não se pode defraudar ninguém e fugir…” - aqui estaria a lembrar-se de uma pessoa que eu cá sei?; dois coelhos de uma cajadada? O silêncio da justiça face ao BES é para ele sinal de descrédito das instituições. Digo eu: e o Governo anuncia ontem – dia de greve nos hospitais – que os hospitais vão receber uma transferência; números certos e tudo. Logo ontem!? A mim não me perturba o bolo-rei ou os beijos desajeitados nas mãos de “rainhas”. A mim o que me incomoda é o desgoverno ou uma política que se faz no mesmo tempo enquanto se espera na consulta do dentista (para quem pode ir). Precipitada, de contas e de dinheiros surpresa. Mas também não mudo de camisa sem mais. Preciso de razões para mudar.

Se a mudança é à rama, de nada vale; não vai longe. Habermas: só no encontro com o outro se pode desenvolver aquele consenso, num “processo de argumentação sensível à verdade”. O resto é utopia como tive ocasião de lhe dizer quando cá esteve recentemente na Gulbenkian (http://expresso.sapo.pt/habermas-e-o-grilo-falante-ii=f838169). Faço votos para que se mude? Quero um Rio em vez de um Coelho?

Acredito na Política, porque a vida, que estimo, não se faz sem ela. Mas ela é Ação, e não cirurgias anestésicas para obter o poder pelo poder. A Política “serve” para servir a razão das razões, lembram os livros a “Política” e a “Amizade”, de Aristóteles. Mas isto é bom senso. E a boa filosofia é isso mesmo. A vida, na sua beleza e dramatismo, pede-nos mais e melhor. Platão comparou-a a um suceder de vagas mais ou menos tumultuosas. Quero-a? Sim. Verifico que vale a pena; que sempre que desisti foi cretinice. Vai o Brasil desistir depois de um 7? A Dilma sim, está em maus lençóis – dos quais nunca terá saído. Mas não se trata de andar para a frente por andar, ou custe o que custar, grávido de um estoicismo que se cansa rapidamente; mas sim de ir dando os passos possíveis. Muitas vezes dão-se 3 para trás, para se dar meio em frente. Mas faz-se assim o caminhar.

Na tua mão cabe “perfeito o meu coração”. Não vou em cantigas. Não é fadista quem quer mas sim quem nasceu fadista. Como diz S. Paulo: olho tudo, e retenho o que é bom. Ainda ontem li no meu abençoado facebook esta bojarda de Heidegger, através do José Maria Silva Rosa, da UBI. Comenta a frase, cita. E volta a conter. Diz José Rosa: “A consciência não só cresce; também decresce…Martin Heidegger, em 1933, no «Jornal de Estudantes» da Universidade de Friburgo”: «As regras do vosso ser não são doutrinas nem ideias. Só o próprio Führer constitui hoje e no futuro a realidade alemã e a sua lei.» Como foi isto possível?!, pergunta o meu amigo. Invertendo, continua, e cita Heraclito de Éfeso: «A muita inteligência não ensina a ter êthos.»

Política? Sim, para matar as fomes e as sedes todas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De jp a 09.07.2014 às 16:03

Não vejo onde possa estar a novidade. Os tempos são outros, evoluiram muito e muita coisa mudou.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 09.07.2014 às 20:30

Não há novidade. Há só por ter sido dito ontem com todas as letras, pontos e vírgulas.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

imagens rasantes