Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

Rasante

Dogmas há poucos, seu palerma!

 

 

WIN_20160815_17_06_31_Pro.jpg

 

O ano passado, na procissão da Festa da Assunção, na Igreja de Colares

fotografia do meu telemóvel

 

Não me refiro-me a "dogma" no sentido básico do termo, "verdade". Um dogma significa uma verdade. Basta ir ao dicionário. Um quadrado tem quatro lados iguais é uma verdade, um dogma. Quanto a esses, há muitos.

Não é desses que falo agora. Porque hoje a Igreja Católica celebra o dogma da Assunção de Nossa Senhora ao Céu, escrevo sobre dogma neste sentido técnico. Quanto a estes nem chegam a meia dúzia. Estes são proclamados ex-cátedra. Sim, porque mesmo na Igreja há muitos dogmas naquele primeiro sentido. É ir ao Catecismo.

Assunção? Subida ao céu? Em corpo e alma?

Numa época em que corpo ou é idolatrado (corpos Danone, etc.; como se fossemos só casca) ou ignorado e para esquecer (filosofias que afirmam a pés juntos que a dor pode ser sublimada; como se alguma vez a dor fosse uma ilusão), fez e faz falta esta bússola do dia 15 de Agosto. Foi por isso que Igreja o proclamou . Estrela a guiar. A Igreja é Mãe e Mestra. É este um Dogma inventado pelo Vaticano? Não. Dogma quer "apenas" dizer "é assim", e é proclamado ex-catedra porque a força de uma experiência milenar, tra-diz-se cada dia, falando mais alto que todas as mentiras juntas. Um Dogma neste sentido forte não surge do nada mas de uma história milenar. Maria desde sempre foi assim entendida, isto é, sempre foi vista como tendo subido ao Céu em corpo e alma, desde as primeiras comunidades de cristãos. Nem é preciso recorrer à Iconografia.

Subiu Ela e subiremos nós. O resto é conversa miudinha, de quem ainda não entendeu que a força da História fala mais alto que o barulho. Muitos são os que passam a vida a botar discurso, a homologar ou engolir  dogmas por todos os poros, muitos deles tretas relativistas, e chamam-me tótó por acreditar no Dogma da Assunção. "A Igreja é um antro de imoralidade", pedofilia, orgias, etc., e com esta e frases parecidas, pretende-se arrumá-la. Mas a Igreja tem a sua raiz numa questão de conhecimento, de Logos. Não se mede pela moral.

A ignorância é pior que o piolho. Não há honestidade intelectual ser contra ou ignorar ou falsear a História. Sabemos quantos dogmas ex-catedra foram proclamados pela Igreja? Eu por acaso sei. Não é que seja melhor pessoa por isso. Graças a Deus que não sou definida pelas asneiras que faço!!! Apenas cresco e apareco. E um dia vou morrer. Mas to be continued, em corpo e alma. Como Ela.  Se Deus quiser.