Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rasante

Rasante

Lúcifer existe? Venha o diabo e escolha!

 

O Papa argentino que é jesuíta, várias vezes tem lembrado que o diabo existe, como no video acima. Por seu lado, o Superior Geral da Companhia de Jesus, o padre venezuelano Arturo Sosa, tem afirmado que o diabo não existe. Veja-se, por exemplo, aqui a entrevista de Maio passado ao jornal espanhol ‘El Mundo’, cujo título é um curioso "El único 'jefe' del Papa". A entrevista foi dada mês e meio antes da homilia do video.

Entre outros assuntos, o papa negro que não usa muito a batina negra, afirma que o diabo é uma figura simbólica criada pelo homem para simbolizar o mal. Em que ficamos?

E eu hoje a presumir de teóloga, hein! É que há quem não saiba, mas a Filosofia, a minha especialidade, tem várias funções. Uma delas é precisamente a função teológica, e nesse trabalho exerce-a "fora" e no "interior" da fé. Mulher, teóloga e católica, que trindade! Mas não vou desenvolver a dialética que o assunto exigiria. Sendo um post, o que digo não perde contudo em rigor e razão. É simples e não pretende beliscar estes filhos da Igreja, hoje em cerca de 127 países com mais de 18.000 membros, e que há cinco séculos têm sido uma benção inestimável de liberdade, amorosa e científica. E quem sou eu para isso?

Sou uma crente que aposta na vanguarda do conhecimento, e que sabe distinguir o que é esencial do que não é essencial. Há aspetos no Cristianismo que podem e devem mudar. Outros, é que nem pensar! São pilares sem os quais o Cristianismo passaria a ser outra coisa, passaria a não ser Cristianismo. 

Francisco não deixa dúvidas: o diabo existe. É o pai da mentira e dos mentirosos. E aqui Ele não está a inventar nada. É que o único Chefe do Papa é Cristo. É caso para dizer, embora num sentido que não é usual, "venha o diabo e escolha!"

 

 

2 comentários

Comentar post