Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.


26
Dez17

O Papa Francisco é muito esperto!

por Fátima Pinheiro

dreyer16.jpg

 Dryer, A palavra

 

O Papa Francisco está sempre com ideias giras e inovadoras. Agora foi neste Natal. Isto vem ao encontro de conversas que temos em todos os Natais. Afinal quando é que é o Natal? Foi ontem? É quando um homem quer? E haverá mesmo Natal? Quando há tanto desentendimento acerca do seu significado, não seria melhor arranjar nomes diferentes para cada um desses significados? O que é certo é que o Natal anda na baila. Todos falamos dele. E cada um de nós é que está certo.

As conversas sobre o Natal dão-se, em geral, antes da Noite de Natal. Umas prendem-se aos kilinhos a mais que vamos ter, e que no começo de ano é que é a ginástica. Outras vão mais longe e sentencia-se o universal: "o mais importante é que haja saúde". Outras conversas entram por discussões acerca da Igreja. E vem o rol do costume: os padres pedófilos, a riqueza e ostentação do Vaticano, a veracidade dos Evangelhos, já conhecemos. E outra sentença: os valores é que interessam. E a inquisição, o ser contra as afirmações da mais pura ciência, tudo da Igreja Católica se diz.

Como se os valores não fossem universais, como se os homens da Igreja - que é um instrumento humano do divino - não fosse suposto errarem. E quanto  à ciência passa-se um pano sobre o facto de ter sido um físico católico a descobrir a teoria do Big Bang, aceite hoje universalmente. E haveria aqui muito para dizer. Ainda bem que isto não acaba hoje.  Acho eu.

O Papa Francisco pega numa verdade milenar e di-la à sua maneira: "O Natal é todos os dias". E partir daqui começa o con-fronto. Não é a vida uma constante  luta para todos? Mesmo para os que dizem que já desistiram...

Desejo Bom Natal para todos, certa de que "a luta continua".

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De jean baptiste grenouille a 26.12.2017 às 19:49

Fala no facto de a Teoria do Big Bang ter sido descoberta por um físico católico.
Li detalhadamente a descrição de "Universo" e saltaram-me duas ou três perguntas importantes.
A primeira, tem a ver com a origem da Matéria, ou por outras palavras, como pode toda a matéria do Universo ter origem numa única partícula?
As outras questões são um pouco mais complexas mas mais importantes.
Diz a Teoria do Big Bang que o Universo teve origem num único ponto ou partícula, muito quente e muito denso que se expandiu a grande velocidade nos instantes iniciais e que continua em expansão até aos dias de hoje. Isto levanta uma série de questões tais como:
Se o Universo está em expansão desde os primórdios até hoje, isto significa que tem um limite. E se tem um limite isso pressupõe a existência de um Espaço ainda maior, porventura infinito, para o qual ele se expande. Se isto se isto se verificar então a Teoria é verdadeira.
A outra hipótese é o Universo ser infinito e neste caso é impossível (embora haja alguns modelos matemáticos que o digam) estar em expansão, porque é impossível algo infinito estar em expansão. Se isto se verificar então a Teoria do Big Bang é impossível.
Não sei se tem muitos conhecimentos Física mas deixo-lhe a pergunta: qual das hipóteses lhe parece mais plausível?
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 26.12.2017 às 21:26

Não tenho conhecimentos de Física. A minha formação é em Filosofia. O meu ponto neste post era o de reconhecer que fé e razão se articulam. Poderia ter dado outros exemplos, como o de que a concepção do universo do cristianismo, a de uma matéria sem deuses, mas antes uma matéria igual - somos feitos do mesmo pó que as estrelas -, permitiu o avanço da ciência, ao contrário do que é sempre dito, que a fé impede o avanço da Ciência; ou que a primeira Academia das Ciências foi a Pontifícia Academia das Ciências, que ainda hoje existe e onde estão também cientistas ateus. etc

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D


Links

imagens rasantes