Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

Rasante

Perdi a fé...

14894572_1134323666617605_657765745_o.jpg

Duas mães

 

Fé pode ser muita coisa. Mas tem dois sentidos básicos. É o acto de acreditar ou confiar em alguém. E é também "aquilo" em que se acredita, o conteúdo da fé.

Nesta época de Natal é natural que se fale disto. Eu sou isto, eu sou aquilo, ou seja, acredito em Deus mas não pratico, ou, pratico mas não acredito em Deus. Ou sou crente mas à minha maneira. Poderia multiplicar as posições que, com mais ou menos convição, cada um vive, ou diz ser a "sua". 

Há quem diga que perdeu a fé. E há muitas formas de o dizer. Da menos à mais inquieta. Neste mundo pleno de posssibilidades cada um vê o que quer. O que é certo é que se caminha sempre. Uns dias melhores que os outros. Mas é impossível fazê-lo sem se acreditar, seja no que for. 

Quando digo que perdi a fé tenho que identificar o que perdi. Se calhar não perdi nada...