Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.


18
Out17

Quem pede desculpa?

por Fátima Pinheiro

costa.jpg

 

Não falo de fretes, nem de formalismos (a Ministra da Administração interna acaba de se demitir)... Falo do que fez Marcelo ontem. Falo de pedir desculpa mesmo.

Só pode e deve pedir desculpa quem tem culpa.  Só faz sentido pedir desculpa se houver culpa. Se uma pessoa entende que não tem culpa, não pede desculpa. Mas esta consciência  de não ter culpa, não quer dizer que ela não tenha feito mal. Há quem ache que fez tudo o que estava ao seu alcance. Mas se podia ter feito o que devia ser feito e não fez, pode e deve pedir desculpa. À desculpa segue-se o arrependimento que é: fiz, fiz mal, não quero voltar a fazer. O arrependimento vira-se para a frente. "Arre" e "pender" quer dizer que se pende ou volta para o que se fez, mas não se fica aí. O arrependimento é um sentimento positivo que leva para um futuro novo.

Ficar a olhar para o passado e dele não sair é o remorso. Sentimento negativo e que pode corroer quem o tem. Por isso há quem prefira viver sem consciência, usando todos meios para a calar.

 

E o que fez Marcelo ontem? Um amigo meu resumiu melhor que ninguém:

"Pediu desculpa aos Portugueses em nome do Estado.
Falou com carinho aos portugueses.
Falou grosso com quem tinha de falar grosso.
Deixou avisos. Fez exigências.
De forma educada, deu um murro na mesa ."

Obrigada Sr. Presidente da República.  E peço desculpa porque tenho escrito muito sobre si, acusando- o de forma precipitada e injusta. Estou arrependida e espero que me perdoe. Um beijinho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


73 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo a 18.10.2017 às 12:35

E onde é que está o Jerónimo de Sousa e a Catarina Martins?
Como é possível estas duas pessoas que se dizem defensores acérrimos do povo e nesta altura não tessem nenhum comentário?
Ingratos. Hipócritas. Falsos. Mentirosos. Interesseiros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 12:47

boa pergunta!
Grande Marcelo, disse com "boas" palavras o que eu diria com palavras "grossas"! finalmente!
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:42

Antes tarde que nunca
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:17

BE e PCP? Se fossem os professores a fazer alguma manifestação, eles ajudavam à festa, mas como "só" foi uma centena de mortos, já não encontram razão para fazer alarido.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:44

Dois pesos e duas medidas. Para certas pessoas o interesse nacional é apenas o poder, a ambição sem medida. As pessoas são degraus, votos, números.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:27

Gostei.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:19

Boa pergunta? Mas hoje o tema é outro.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 10:22

E onde está o retratamento dos coveiros anteriores?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 15:12

o tema é desculpas acerca de algo absolutamente novo e de uma incúria nunca vista
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:20

O Sr. Presidente da República, não pode aproveitar estes momentos para denegrir a imagem do Governo.

Sr. Presidente o que é que fez em relação a este assunto, quando foi governo?

Temos de nos lembrar disso.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:22

O que é que o PSD (Passos coelho) fez antes deste governo para evitar incêncidos????????

Falar é fácil!
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:23

O ataque é a "melhor" defesa? Não.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:51

Não mude de assunto.

E falar nem sempre é fácil. Olhe, pedir desculpa, por exemplo, não é para todos. É preciso nobreza.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:29

A verdade custa sempre a ouvir quando se enche o Povo de mentiras!
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:55

Espero que o povo não se deixe enganar. Para isso é que é preciso insistir, falar verdade, sempre.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 16:29

Este parvalhão não é de cá. Não liguem, É daqueles que foi à Suiça vêr a bola. E veio de lá, já com o penta. Este parvalhão é um caso perdido. Deve estar a falar desse amigo grunho do Rui Gomes da Silva, esse, sim, que já andou pelo poder. Agora anda nos emails a pedir porrada nos árbitros.
Caso assim não seja, faz como o teu amigo monhé. Não peças desculpa. Toca é a churrascar mais uns quantos e depois mete-se Tancos.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:21

O PR não denegriu nada. O Governo é que denegriu e está denegrido.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:49

O Governo está mesmo negro. E negros estão os restos mortais dos inocentes que não receberam a segurança que é um dever do Governo. Negros estão os corações dos que ficaram sem os seus queridos, e sem as suas casas. Negras as florestas. Negro está Portugal
Sem imagem de perfil

De pitosga a 24.10.2017 às 16:21

Uns meses antes de criar a geringonça, o sr costa disse numa tv: eu quero ser claro. Assim, tipo, michael jackson...
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 24.10.2017 às 22:59

Do Michael Jackson pouco sei, mas de António Costa sei que nada há de mais clarinho: Já percebi ao que veio! A origem, mais género Dan Brown!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:41

A comunagem, é cúmplice com este governo de assassinos. Afinal não foi a direita com a austeridade que matou os portugueses, mas a esquerdalha, com cortes cegos, não defendendo as populações, conforme diz a Costituição
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 13:47

O CDS deveria ser o último partido a pensar numa moção de censura ao governo tendo por base a problemática dos incêndios. O CDS já se esqueceu que fez parte do anterior governo e que nada fez para minorar este grave problema. Não apresentou uma única medida, nem tomou nenhuma decisão relevante nesta matéria. Assunção Cristas, líder do CDS, fez parte desse governo (2011-2015)? Sim, com certeza. Mas qual terá sido a pasta que lhe foi entregue? Consta que foi o Ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território. Pronto. Está tudo dito quanto à idoneidade do CDS e, em especial, de Assunção Cristas.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:33

Eu olho para os factos de agora. Neste post destaco a posição do PR, um pedido de desculpa e um mostrar a incúria do Governo, sobretudo depois de Pedrógão. Não é um post sobre a moção de censura do CDS.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:57

O Governo devia apresentar uma moção de confiança.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 09:38

Mas o governo anterior também deixou morrer mais de 100 pessoas sozinhas e abandonadas nos incêndios????
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 15:14

Fala-se aqui de Pedrógão e depois de Pedrógão. Ou quer recuar a Viriato? Até podemos ir a Adão e Eva!!!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 10:25

A "comunagem" é a R:P.Q.T.P.!!!
Sem imagem de perfil

De Maria Lopes a 18.10.2017 às 14:31

Irra, mas que idade têm?! Parecem adolescentes parvos a discutir. Morreram pessoas. Queimadas. Quero lá saber da cor política, do credo, dos gostos futebolísticos. Morreram pessoas queimadas. Há gente ferida em estado grave e vocês colocam-se no papel ridículo de quer saber se foi a esquerda ou a direita, o papa ou alá?!
Cresçam. A morte não tem cor política. A irresponsabilidade e a falta de caráter também não.
Todos erraram. Todos.
Haja decoro. Haja respeito.
Porra, nem com a morte aos vossos pés, sois capazes de Humanidade.
Calem-se por um momento e reflitam.

Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:25

Peçam desculpa e andor!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 15:04

Viva o partido das linhas ferrias e o partido dos autocarros
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:34

Este post não trata de partidos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 15:07

O Prof. Marcelo apenas demonstrou que temos efetivamente um Presidente da Republica.
É também para o que disse e fez que existe e serve um Presidente da Republica eleito por sufrágio universal e direto.
O Europeu
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:26

Temos Presidente, não temos é governo. Andor!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 20:30

O Marcelo apenas fez o que sabe fazer. Comentário político... mas oco...
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 19.10.2017 às 22:27

Marcelo pediu desculpa, responsabilidades e um novo ciclo
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 15:32

O Sr. Presidente falou e pediu desculpa.

Seria por, enquanto chefe supremo das forças armadas:
- nada ter feito para que os vários aviões C130 adquiridos para a Força Aérea para combate a incêndios, pela módica quantia de 30 Milhões cada, estejam estacionados e inactivos?

- sancionar a legislação que permite a contratualização de aviões para combate a incêndio, pagos a peso de ouro (10 mil €/hora, voem ou não), quando os referidos C130 tem 5 vezes mais capacidade em termos de depósito de água e um custo ínfimo de operação?

- permitir que os kits de combate a incêndio para cada um desses C130 estejam a apodrecer dentro de caixotes na base aérea do Montijo?

- não impedir que os pilotos da Força Aérea que foram treinados e formados para combate a incêndio às expensas do orçamento de estado, estejam ao serviço de corporações privadas?

- não tivesse ordenado que as forças armadas tivessem ido para o terreno logo após o desastre de Pedrógão Grande e aí se mantivessem ao longo deste tempo, vigiando, patrulhando, limpando, apoiando as populações?

Pois é...

Toda a gente fala e aponta o dedo, mas todos sem excepção se esquecem de olhar para o umbigo e perceberem onde falharam e que responsabilidade efectiva têm nesta desgraça!



Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 16:16

O Sr.Presidente da República pediu desculpa pelas falhas do Estado mas os teus heróis canhotos (se fossem de esquerda eram os primeiros a entender o povo que sofre) nem sequer apareceram (BE;PCP;PAN;VERDES e outros abortos) o Governo assobiou para o lado e ninguem teve "as bolas no sítio" para assumir a sua parte da culpa. É pena que a cor política te sirva de palas.
Mas, é claro, sendo mais um anónimo...
Eu gosto do meu país e tu?
José Matias, 56 anos de idade e 40 de contribuições. Serviços cívico e militar cumpridos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 20:57

Caro Anónimo (José Matias),

tenho heróis canhotos é verdade - Einstein, Da Vinci Alexandre o Grande, Bonaparte, Júlio César e outros mais, até porque sou canhoto.

Se se referia a gente de esquerda (o que quer que isso signifique), não me toca, porque não sou de esquerda nem de direita.

E se quiser, até lhe falo da gente de esquerda e de direita em igual proporção. E de muito mais.

Não tenho preferências partidárias mas tenho opinião política e consigo ver o todo e não a parte, que é bem diferente de muita gente que por aí anda com vistas enviesadas e não vê mais que o umbigo.

O meu comentário foi tão só em relação ao que foi escrito sobre o presidente Marcelo, para que ninguém esqueça que não há inocentes nesta tragédia e todos têm responsabilidades, incluindo ele, que à semelhança do Governo, disse que era preciso esperar pelo relatório e também assobiou para o lado durante estes últimos 4 meses, comodamente à espera.

O que ninguém esperava era a segunda parte da tragédia.

Mas viva o presidente Marcelo que os teve no sítio, mais todos os abutres que ao longo dos anos não tem feito nada para mudar a floresta e que agora esfregam as mãos à procura dos despojos, onde até já chafurdaram e dos quais também são responsáveis.

E é só isso. Se continuar a não perceber o significado e o alcance do meu comentário, então lamento... talvez não dê para mais.

E já agora, tenho 71 anos, sou ex-combatente, enviado para o Ultramar, obrigado a combater e a matar em nome de uma ideologia fascista e de direita (de quem o Presidente Marcelo descende e com quem cresceu e aprendeu a "escola" toda), mutilado de guerra e que enterrou vários camaradas em África.

Trabalho desde os 12 anos e continuo a trabalhar e tenho mais anos de descontos que o Sr. tem de vida, que se calhar até já se reformou e vive às contas do orçamento, comodamente encostado!

Lutei muito, sofri ainda mais, estudei até conseguir licenciar-me e dei tudo por este País, criei empresas e actualmente dou emprego directo a 85 pessoas, para além de apoiar duas organizações da área social e de todas as semanas fazer voluntariado numa instituição de apoio a jovens.

Pago os meus impostos e contribuo diariamente com o meu trabalho para manter uma corja de traidores e sabujos que enchem a boca e passam a vida a escrever e a dizer baboseiras ofensivas, sem respeito e consideração pelos outros e pela liberdade individual de cada um e se alimentam do sofrimento deste País e deste Povo.

Chega-lhe quanto ao amor que tenho por Portugal e tudo o que dei à Pátria?

Para terminar, quantos às palas, não sei a que se refere, talvez algo que costume utilizar e lhe seja familiar, pelo menos é o que parece.

E termino por aqui porque, definitivamente, não vale a pena.

Artur Reis
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 21:26

Neste espaço o que mais desejo é ajudar a que nos entendamos, num espírito de paz. Escrevo como muito gosto todos os dias de manhã e o assunto é normalmente um tema do dia. Escrevo em primeiro lugar para mim. É uma espécie de diário. Neste caso foram os fogos e a declaração do PR. Não me interessa esquerdas ou direitas. Interessam-me as pessoas. E todos sabemos que se tivessem sido tomadas algumas medidas desde o incêndio de Pedrógão, ter- se-ia evitado que o que aconteceu nestes dias tivesse assumido estas dimensões. Por isso o PR fez muito bem em pedir desculpa e em chamar a atenção ao Governo para as suas responsabilidades.
Neste espaço não chamo nomes às pessoas, não mando bocas nem indirectas. Respeito todos, como também quero que respeitem o que penso. É um espaço de liberdade. São todos bem vindos num espírito construtivo. Obrigada.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 13:13

Muito bem descrito e com verdade e sem partidarismos, precisamos de portugueses que saibam ver a verdade tal como está descrita. Obrigada pelo trabalho que elaborou.


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 15:16

O País está num estado em que já não sabemos se a verdade é mentira e a mentira é verdade.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 16:19

muito bem dito porque o exercito não ajuda! nas cheias da Alemanha e Inglaterra é ve-los a empilhar sacas de areia a proteger o pais e as populações aqui é nem vê-los ! é so cervejolas e simulações da treta para gastar dinheiro a brincar aos cowboys!!palhaços

EXERCITO PARA QUE SERVES !? EXERCITO PARA QUE SERVES!? EXERCITO PARA QUE SERVES !?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 15:17

Mas são precisos Generais
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 17:15

Era só o que faltava agora atirar para cima do Presidente as falhas dos governos.
O Presidente não governa isso é competência dos Governos.
E quem retirou a Força Aérea do combate aos incêndios foi o governo de Guterres, agora já não temos aviões preparados nem pilotos treinados para combater incêndios.
Cabe aos governos definir a política de protecção civil, não ao Presidente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 21:08

Temos aviões e helicópteros preparados e temos equipamento de combate a incêndio para esses aviões e helicópteros e temos pilotos treinados a ganharem balúrdios no privado e temos militares e muita maquinaria de engenharia que se podia usar no terreno que está nos quartéis e ainda muitos mais oficiais encostados a viverem às custas do orçamento.

Aliás, a estrutura da protecção civil está cheia de militares de patente e de carreira.

O presidente não tem culpa pelas falhas dos governos. Mas tem culpa não ter exercido os seus poderes mais cedo, não ter intervido mais cedo, não ter exigido mais cedo e de ter ido à boleia de uma estratégia populista que acabou de lhe rebentar nas mãos.

Ao presidente não compete definir a política de protecção civil mas tem o poder de não aprovar a legislação que define essa política. Pode e deve fazê-lo!

Qual foi a sua posição quando em Março toda a estrutura de comando da Protecção Civil foi toda substituída?

Porque disse logo após as primeiras horas de Pedrogão Grande que não era possível fazer mais e blá, blá, blá...?

Porque não exigiu mais ao Governo logo após Pedrogão Grande e disse que era preciso esperar pelo relatório e, depois do relatório, que ainda o ia ler e analisar?

E depois, pode e deve intervir, até como chefe supremos das forças armadas!

Mas, de facto, não é preciso atirar nada para cima do presidente, basta ver as suas próprias falhas!
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:28

O PR pediu desculpa. Quem olha para o umbigo não é ele...
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 18.10.2017 às 19:35

Nesta tragédia ficou evidente quem olha para o umbigo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.10.2017 às 19:20

apenas uma pergunta: O PM já mandou aferir a popularidade com um inquérito? Devia....
Sem imagem de perfil

De s o s a 18.10.2017 às 23:55

sim, muitos preferem viver sem consciencia, fartam-se de pedir desculpas e a rezar pais nosso. Mas sobre filosofia ficará para outra ocasiao.

A constituiçao proibe o terrorismo. O presidente falou. E nao o prenderam. Significa que a constituiçao nao proibe o terroismo de estado. .


Peço desculpa. E prometo continuar a ser duro, dar murro na mesa.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 19.10.2017 às 08:24

Pode ser duro à vontade, mas em filosofia , consciência e oração revela uma grande ignorância.
Perfil Facebook

De Morais CL a 19.10.2017 às 09:34

A mim não me interessa quem fez ou não fez o quê para minorar a situação. Apenas me interessa que morreram 105 pessoas e que morreram às mãos deste governo e dos seus apoiantes BE e PCP...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 11:13

Tal e qual. Nem a badalhoca da Catarina nem esse suíno índio do pcp têm tempo para fazer seja o que for. Estão totalmente ocupados a alargar a bocarra para meter mais sapos. Mas aquela do pedido de desculpas desse brutamontes do monhé é de ir às lágrimas. Que vá reinar com a p#ta que o pariu.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 15:21

São todos bem vindos e não apago nem uma linha dos comentários. Para mim são sagrados. Se há pessoa que gosta de preto no branco eu sou uma delas. Mas não chamo nomes a ninguém. Gostaria que fizessem o mesmo. Mas o mais importante é a feliz liberdade de podermos dizer o que pensamos, concordo. Com educação melhor ainda.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.10.2017 às 16:14

A mim interessa o que tem que ser feito para evitar que volte a acontecer o que aconteceu, apurar responsabilidades e agir em conformidade

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

imagens rasantes