Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.


14
Out14

Senhor feliz e Senhor contente

por Fátima Pinheiro

 fotografia retirada da net

 

Nomes mediáticos às resmas aterram no meu couro capilar, e nem me deixam nem respirar. Isto porque decidi escrever hoje sobre uma coisa simples, que me enche as redes de comunicação. Os senhores felizes e os senhores contentes.  Eu vejo logo pela cara, pela boca, e pelo olhar. A experiência de anos de relações humanas, deu-me uma certa maturidade: à medida que o tempo vai crescendo, preciso de apenas poucos sinais - cada vez menos - para saber quem tenho à frente. Parece que julgo pelas aparências, não é? Ou presunção e água benta posso ter as que quero? Nada disso. Digo o que vejo pelo que me "aparece", é verdade. Mas não à toa, nem sem razões. Como quem está a ver um filho a andar de bicicleta, e saber de antemão que ele irá cair, quando passar perto daquela curva. As primárias do PS são disto um case sudy. A maioria , e não me refiro apenas ao PS, estava contente. Querem que eu faça um boneco? Até poderia contar pelos dedos quem estava mesmo feliz. Mas não o digo.

 

Porque escreves então? É que um blogue é também um espaço de conhecimento de si. De monitorização selecta. A que só alguns têm o acesso. E qual o problema? 25 de Abril, sempre! Agora, o que  não vale a pena é andarmos aqui a enganarmo-nos uns aos outros. É que não vale mesmo a pena. Assessores de imagem? Plásticas? Posturas? Lembrei-me agora da problemática socrática, na televisão, antes de ir para directo: "ò Luís, fico melhor assim, ou...., assim?" Isto dava para um livro. Em diferentes tomos. 

 

Com os homens da cultura é diferente.Disfarçam menos, alguns quase nada. A maioria pende para o lado do ser feliz. Não acho nada que o pobrete alegrete faça aqui muito sentido. É injusto. Podia aqui citar o mais feliz que conheço, até em pessoa, mas é melhor não.  Podia ir aos jornalistas, aos comentadores, aos economistas, médicos, presidentes ... Experimentem. O caminho passa por eu saber para onde eu própria pendo. E por saber o que quero: senhora contente? Senhora feliz? Claro que tudo na vida vem aos dois e em mistura. Dualismo, jamais. Porque não é realista. Mas estou no direito de encontrar as razões que me fazem querer pender mais para um lado do que para o outro.

 

E pronto. Vou fazer esse trabalho de casa. Não sem antes dizer quem é o "meu" mediático do dia.". O Ronaldo e o Cristiano foi por acaso. E que não se pense, pelo que aqui escrevi,  que eu ponha a imagem em segundo plano. Antes pelo contrário. A cara, os olhos, a boca precisam de ajuda. Toda a que se puder dar. Falo por mim. Ah, ia-me esquecendo,  Nuno Crato é o meu mediático do dia. E Empédocles, já agora. Eu não disse que vinham aos dois?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 14.10.2014 às 12:47

Nem me interrogo pelas razões que o fizerem vir aqui dar um coiçe. Conheço-as bem, já nem preciso de saber mais. Só fiquei curiosa em saber a cor do metro que usa, esse que o faz debitar percentagens e parecer um deus. Viva o 25 de Abril.
E como já não voltará aqui concerteza, se pensa que abandalhou o blogue, fique descansado. Foi você quem abandalhou. Tenho a educação de comentar tudo o aqui aparece: cão, gato e periquito. Adivinhe qual dos três você me parece. Tem piada. É que todos fazemos falta neste mundo.
Sem imagem de perfil

De Marco Antunes a 16.10.2014 às 01:36

Cumpre-me informar a preclara autora do blogue que não sei o que é “coiçe”. Se a preclara pretendeu dizer coice, então acabou de dar um na língua portuguesa, mais particularmente numa regra ortográfica que se aprende no 1º ciclo da escolaridade obrigatória.
A resposta que deu ao meu comentário revela que, ao contrário do que afirma, desconhece por completo as razões que me levaram a fazê-lo. Relativamente à cor do metro, esclareço que dependendo do itinerário uso as 4 linhas, cada uma de sua cor, embora prefira andar a pé. Não sou nem pareço um deus, enfim nada comparável à sacerdotisa de alguns ideais que a preclara é.
Já percebi que não quer a minha contribuição para o seu blogue, não percebendo no entanto a sua certeza de que é essa a minha vontade. Nunca tive em mente qualquer abandalhamento do blogue nem obviamente da minha pessoa. Um blogue com “estrutura sólida” não abana com comentários. De certeza que acha o seu blogue “sólido” e à prova de comentários. Até porque no seu blogue comentam cães, gatos e periquitos, enfim, uma denominação curiosa por si atribuída aos que comentam os seus conteúdos. Pela minha parte é-me completamente irrelevante a sua escolha do que lhe pareço, porque quanto mais algumas pessoas se revelam, mais eu gosto dos animais. Já agora, os cães, gatos e periquitos não dão coices.
Concordo em absoluto com a preclara quando escreve que todos fazemos falta neste mundo, achando que cada um de nós deve dar ao mundo o que melhor sabe fazer. É só uma opinião, mas arrisco a certeza de que preclara desempenhará com mais brilho actividades diversas da de produzir conteúdos para um blogue.
Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 14.10.2014 às 12:49

Marco Antunes, deixou um comentári às 12:35, 2014-10-14.

Caso pretenda responder a este comentário, poderá fazê-lo, usando este link.

Comentário:
Nada é completamente positivo ou negativo. 100% é difícil ou quase impossível de atingir. O 25 de Abril está acima dos 99% de positivo, ficando a sua prosa nos menos de 1% de negativo. Mas tenha em conta que sem o 25 de Abril não teria a oportunidade de divulgar a sua prosa. Parece-me que ainda não se apercebeu disso, porque obviamente se julga acima dos outros. Mas como alguém disse: olhe que não ... olhe que não. Enfim, não querendo estabelecer qualquer semelhança porque, diz o senso comum, o respeito é muito bonito, afinal nunca se cortou a pata a um burro por dar coices.
Sem imagem de perfil

De anonimo a 14.10.2014 às 20:30

Antes de mais devo dizer que não preciso de dar nas vistas.
Nem foi, de forma alguma, o motivo pelo qual aqui escrevi.
Estou mais ou menos habituado a lidar com a exposição e duvido muito que muitas pessoas tenham passado por uma situação similar. Digo apenas que durante muito tempo foi bastante dificil, tive algumas desilusões, e situações por vezes nada agradáveis mas já ultrapassei mais ou menos essa fase.
Como deve calcular perante uma situação dessas uma pessoa está sob grande pressão.
Triste não estou mas à se pergunta se sou feliz, respondo que inteiramente, não.


Imagem de perfil

De Fátima Pinheiro a 14.10.2014 às 21:05

talvez as vistas é que tenham que dar em si!
Sem imagem de perfil

De Miguel a 15.10.2014 às 00:25

Que estupidez de "post" foi este? e foi aprovado...Daç! Perda de tempo com coisas inuteis escritas por pessoas igualmente inuteis...
Sem imagem de perfil

De Miguel a 15.10.2014 às 00:27

Btw.. SAPO CADA VEZ MAIS ESTUPIDO...
Imagem de perfil

De Mário Botelho a 15.10.2014 às 01:37

Onde se lê "Cristiano e Ronaldo" não é suposto ler-se "Mourinho e Ronaldo"?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

imagens rasantes