Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

27.10.17

A Católica foi provocada!


Fátima Pinheiro

 

 

A Universidade Católica faz 50. Visitou ontem  o papa, que sublinhou a sua natureza e missão, num discurso a reter. Se uma Universidade não precisa de adjectivos, já o ser católica é substancial. Foi uma pro-vocação e con-vocação. O que diz e faz esta instituição? Doutores?

A natureza e missão mais alta de uma universidade é a de buscar a verdade. Não se reduz ao modelo parcial da utilidade. Mas como se ensina a não olhar um grau universitário como sinónimo de maior posição, sinónimo de mais dinheiro ou maior prestígio social? Não são sinónimos. Ajudamos a ver esta preparação como sinal de maior responsabilidade perante os problemas de hoje, perante o cuidado do mais pobre, perante o cuidado do meio ambiente? Não basta realizar análises, descrições da realidade; é necessário gerar espaços de verdadeira pesquisa, debates que gerem alternativas para as problemáticas de hoje. Como é necessário descer ao concreto! 

Uma razão equivocada reconhece como seu último critério a pressão dos interesses e a atração da utilidade. Tendemos para isso em muitos aspectos da nossa vida. Mas insistimos  em não desisistir das duas asas do espírito, que são a razão e a  fé, como lembrou S.João Paulo, numa encíclica que é uma autêntica jóia e muito pouco usada.

A universidade na sua plenitude é sede e Sede de Sabedoria (um dos nomes de Nossa Senhora). Só assim pode ensinar. Na sua plenitude.

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).