Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

12
Mai18

As ideologias são "idologias"

Fátima Pinheiro

WIN_20180512_09_25_05_Pro.jpg

Ontem li, já não sei onde e não sei sequer se é verdade, que António Mexia se tinha queixado de só ganhar sete mil euros por mês. Realmente tudo é relativo. Ronaldo ganha mais. E eu não me importaria. Por outro lado, as depressões e os livros de "saiba como isto e aquilo" aumentam as suas vendas. E o Celeiro também. O consumidor mais sofisticado,  vai à procura de gurus e novas metafísicas. É o espírito Zen.

Eu acabo de ler  o livro que está acima na fotografia. Escrito por um monge tibetano. Fabuloso, porque ajuda. Ao contrário do que muitos pensam, ser católica não me põe num pedestal de prescindir de tudo o que há de bom  no que é diferente. Mais, eu tenho fome do que é diferente. Isso sim, é ser católico. É ser universal, nada se põe de lado. As ideologias sim, põem de lado. São "idologias".

Os ídolos nasceram bem cedo. Ainda os homens eram nómadas.   E continuam atuais, dessacrilasados mas bem actuantes. Quem não tem os seus ídolos? Mas o que é um ídolo? Simples , um ídolo é aquilo que me faz correr  cada dia, o que me faz ter forças para agir assim e assado. É o que me motiva , assumindo assim o lugar central da minha vida. Pode ser o dinheiro. Mas há mais. Os filhos. As ginásticas. O peso. A tensão. Ou seja,  o ídolo é uma coisa que não é Deus, mas, porque eu decido, passa a ser. O meu Deus. Teoricamente posso dizer que há tantos deuses quantas as pessoas.

As ideologias podem ser vistas como  "idologias" porque são visões da realidade que partem de um absoluto que afinal é relativo. As ideologias são mentirosas porque mascaram a realidade. A única visão da realidade que não é ideológica é a que admite o totalmente Outro. O Deus desconhecido, de que fala S.Paulo na primeira Carta aos coríntios, como lembra a Liturgia Católica ontem. Ele, também, idolatrado vezes sem conta.

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D