Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

20
Dez17

E para as mulheres com mais de 50 anos à procura de uma luz?

Fátima Pinheiro

 

Sem-chama-Eletr-nico-LEVOU-Vela-Bruxuleante-Tealig

 

Ando a comprar livros para oferecer no Natal. Por acaso este ano não estamos nada mal. Mas estranhei não ver nada de Paulo Coelho. Foi anteontem num belo jantar. Uma das convivas, minha amiga, definiu o escritor brasileiro Paulo Coelho com a frase do título deste post. Um dos homens presentes disse logo que não era assim. Que ele, o membro da Academia Brasileira de Letras, é "fenómeno" para muitos homens também. E eu?

Pois acho que Paulo Coelho não se reduz àquela "etiqueta". Conheço bem os seus livros, sou uma mullher de mais de 50, e em tudo o que vejo - como no meu último post é evidente -, interessa-me a luz. Mais, como gravei em mim a semana passada, as etiquetas não nos levam longe. Não nos centram no essencial, escorregam-nos para pormenores que distraem, enfim, nisto sou como S.Paulo: o que me interessa é pesar tudo e reter o que importa. E venho eu agora com esta conversa? É para gozar bem o dia. Nisto estou com Jorge de Sena e as suas "luzes bruxuleantes", isto é, pessoalmente, não me convencem nada as pequenas luzes bruxuleantes…e andam por aí tantas… verdadeiras aldeias de lamparinas noctívagas…Luz é Luz! Só pode ser grandiosa, intensa, viva, contagiante, envolvente. Pequenas luzes bruxuleantes não passam de reflexos de outras coisas…ou então são daquelas que moram em árvores de Natal de plástico…Com luzes destas anseio por buracos negros… escuridão total! E Paulo Coelho? Tenho escrito sobre o que penso da sua obra. Não vou repetir. Mas seguramente não o reduzo a uma etiqueta, embora haja quem o faça e o use como tal. O que interessa é avaliar o que me interessa. Pode até nem me interessar verdadeiramente nada. Ou interessa?

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D