Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Renovai-vos pela transformação espiritual da vossa inteligência e revesti-vos do homem novo (Ef 4, 23-24).

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

22
Mai18

Eutanásia porque não, caramba!


Fátima Pinheiro

eutanasia.png

Senhor Deputado, Eutanásia quer dizer "bela , boa, morte". Em Portugal estamos na véspera de um debate parlamentar que poderá resultar na sua legalização. No dia 29 de Maio. Seriamos assim o sétimo país, no mundo, a ter uma lei destas. Mas que "avanço", que "pós,pós, modernidade", dizem uns ; "que crime", que retrocesso civilizacional, digo eu, diz Isilda Pegado. Presidente da Federação Portuguesa pela vida. O tema não se arruma num post num livro ou num sermão. Nem numa discussão aberta e democrática. Por outro lado, o tema até já está arrumado, e há muito.

É uma questão de bom senso. Mas,  claro, as razões são para se exibirem. Ça va de soi que a morte é algo sagrado, misterioso. Não se arruma de todo. Aguilhão que leva a questionar, a filosofar. E levou às primeiras expressões religiosas da humanidade. E levou e leva às filosofias, saber que está em desuso mas que muita falta faz.

A crença na imortalidade é tão poderosa que se impôs de si, dissociada da crença em Deus. O célebre "um filho, uma árvore, um , livro", diz tudo. Ninguém quer morrer de todo. Esperamos mais qualquer coisa.

A morte é desejada quando é insuportável viver. A lei daria a morte a quem a  pedisse nesses termos. Contudo, tocar no sagrado é crime porque se toca e altera radicalmente a vida, a qual o homem não sabe explicar. Quem "faz" a vida?

Não te mato porque não sei quem és.  Só sei que a vida, no seu grande  mistério, é mais que tu e eu. Transformamo-nos numa grande pergunta. Quem somos?

Oiço dizer que "Deus é Amor" (Primeira Carta de S.João  Deus é amor. Aquele que vive no amor vive unido com Deus, e Deus vive unido com ele. " -1 João 4.16. ). É verdade. O amor que experimento , não sou eu que O faço. Eu agradeço-Lhe. É esse amor que me faz dizer a quem me pede a morte: I stand by you.  Não te largo. 

Brincar à vida e à morte é a coutada das ideologias. Dar a vida é obra da Cruz de Cristo. Quem quizer que O siga. É duro e pesado. Mas é verdade. Como é verdade que é passagem para a Ressureição. Um assunto pessoal e intransmissível. 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Comentários recentes

  • Narciso Baeta

    A estupidez é uma cegueira do espírito: não mata, ...

  • Anónimo

    O futebol é um dos pratos principais do actual est...

  • Anónimo

    Esse cardeal, é do mais atrasado que a ICAR tem… a...

  • Anónimo

    Eu gostava era de ver o Marcelo "genuíno" a dar u...

  • Anónimo

    Gostaria de mais informações Recebi uma proposta d...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D