Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

01
Jul16

Fernando Santos: anda tudo baralhado...


Fátima Pinheiro

fernandosantosportugalpolonia.jpg

imagem tirada da net

 

 

Eu não disse aqui ontem que, para mim , é tudo por "tu"? Quem tem  garras para esta equipa que ontem, mais uma vez, mostrou o valor que tem? Eu sei. E tu também. Quem sabe o valor do que vale, não estraga, mas sim constrói  - , escrevi aqui depois do jogo com a Hungria. E a prova é que as meias finais estão à porta. Quem aposta naquele rapaz de 18 anos que ontem meteu dois golos tão importantes, e que ainda é meio conhecido? Não precisas dos meus elogios, eu sei, eu é que preciso de desabafar. E quem consegue por o Ronaldo a jogar assim, em equipa? Também sei. E se hoje distingo é para unir.

Sei que não desistes, nem te passas. Nem com aquele óbvio penalty de ontem, que não foi assinalado. E tu, não te vais abaixo. Devia haver uma sanção para o árbitro que não se engana (atchim), ele e para os laterais, muito laterais, mesmo; brincamos, ou quê? São as tecnologias são... Mas o futebol tem muita coisa baralhada. Então um polaco que dá uma rasteirola e o Ronaldo cai e a bola não entra! Ele bem protestou. Mas temos que baixar a bolinha, senão ainda levamos amarelos. Detesto amarelos, sobretudo os inúteis em termos de golos; como se dissessem que impediste um golo (que aqui é o que interessa), mas levas esta grande punição. Tarde e a más horas.

E as rasteiras são uma coisa muito feia. Quem diz rasteiras, diz o resto; as violências que sabemos e vemos, e as outras. Menos se protesta contra elas, do que se protesta contra os direitos dos animais, touradas e coisas assim. Quantos touros vale uma canela?

Só mais uma palavra. Sei distinguir futebol e religão, como tu. Mas eu, pequenina, faço a minha vida no meu pequeno retângulo.  Tenho  contudo a certeza que poucos como tu, expostos como tu, fazem o que fazes. Eu seria capaz de assinar uma petição contra a eutanásia, aliás já assinei. Agora tu?! E assinaste, há dias.

Estimo pessoas que não querem nem sabem dizer "nim". Esses  - que sou eu às vezes - somos, uns baralhados, mediocres, e o mais não digo.

Homens inteiros, há poucos.  Um dia destes até desenvolvo o tema... Hoje não.

Meu nosso Fernando, alguém duvida de que vamos ganhar? Eu sei que no futebol há um baralho. Agora,  o futebol é total, e eu acredito. Em ti. Um beijinho.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Welcome back home...

  • Anónimo

    O AVC fez-te escrever ainda melhor! Welcome back!!

  • Fátima Pinheiro

    É mesmo!

  • pita

    Creio que será claro que Fátima, pelo que escreve,...

  • pita

    Um excelente (grande) filme. Tão marcado fiquei q...

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D