Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

14
Mai18

José Sócrates e Adolfo Hitler: muito em comum!

Fátima Pinheiro

sócrates.jpg

 Antes de mais devo dizer que, no essencial, eu comungo com eles. Porquê? Porque acredito numa mesma natureza humana, um rosto humano em tudo o que é homem e mulher, a qual tem na Liberdade pessoal o seu traço essencial. A mesma liberdade que leva a actos verdadeiramente humanos, é também capaz das maiores atrocidades e monstruosidades. Grande mistério este! Mas o mal, embora pareça, não tem a última palavra.

Sócrates e Hitler juntos neste post porque calhou esta semana eu ver no Canal História um documentário sobre o ditador alemão e na televisão portuguesa vi a Manuela Moura Guedes, o Henrique Monteiro e o José Manuel Fernandes a falarem do ex-primeiro ministro.

Hitler tinha uma ambição desmedida pelo poder, uma paranoia que atraia incompreensivelmente multidões que o seguiam cegamente e lhe amparavam o sonho. Era hipocondríaco e tinha, como poucos, um cuidado com a sua imagem, a ponto de convidar jornalistas de todo o mundo para passarem uma tarde com ele, para poderem testemunhar a sua normalidade e modernidade. O seu carinho pelo cão, etc. Em torno de si cresceu uma cegueira e um inebriamento, só compreensíveis por uma mesma ânsia de domínio da parte daqueles que o imitavam. Uma cumplicidade estonteante que levou a consequências de todos conhecidas.

Ao olhar o documentário com atenção, fixei a cara do monstro e vieram-me à memória imagens familiares. O mesmo olhar, a mesma loucura. Um "ar de família". Há pessoas assim, como testemunharam os jornalistas portugueses que referi.

Felimente que dos fracos não reza a História. Eu? Vou aprendendo a olhar os factos e a reter o essencial

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D