Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Renovai-vos pela transformação espiritual da vossa inteligência e revesti-vos do homem novo (Ef 4, 23-24).

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

11
Out17

Nem só de Isaltinos e Isabéis vive um homem


Fátima Pinheiro

is (1).jpg

 

Não conheço bem a saga de Isaltino, mas dizem que roubou muito mas que o povo o adora pelo que ele fez em Oeiras e por isso foi reeleito. Eu penso que roubar é mau, que o sentido da vida não se chama Oeiras, e muito menos Isaltino. Acredito firmemente em homens honestos e de princípios. A "sorte protege os audazes", só que sorte e audácia não significam o mesmo para todos. 

Não fico excitada com a saloice de vibrar com  Madonna em Portugal nem com o endeusamento das novas tecnologias. Nem com as modernices politicamente corretas. Nem quero que dois homens recorram a barrigas de aluguer. Actuo com as pessoas de uma forma que obedece a isto: cada  pessoa é intocável, sagrada. Todos os Isaltinos. Mesmo.  Distingo o bem do mal. Mas prefiro o bem. Audácias pseudo criativas, não! Ó Isabelinha, o que vais querer a seguir para além de barrigas para homens? Não te chamasses Moreira...És inteligente e bonita. Não me importava de ser assim gira.  Mas sabes que isso é sol de pouca dura. Espero que chores pouco e durmas bem. E dures bem e feliz. O mesmo desejo ao Isaltino.

Já vi de tudo. Sei ao que aqui se anda. Muitos são os que mudam de camisa de um dia para o outro. Eu como ando sempre "nua", não tenho esse grave problema do vira casacas. É feio, muito feio.

A audácia não é coisa desgarrada. Ela é daqueles que arriscam sempre, que vivem cada dia dando tudo. Em pé ou sentados no abismo que espreita as nossas vidas, audazes são os que sem medo do futuro vivem o presente de forma amorosa. Eu dou a vida por ti. Exige luta, esforço e baseia-se na pobreza de saber que nada trouxemos, nem nada levaremos. Numa pobreza sustentada pelo ar que respiramos, e pelas mãos que sabem acariciar. Desculpem, mas hoje vou dizer asneiras: quando é que nos deixamos de merdas?

Eu tenho muita sorte! Dou-me ao trabalho de rir e reparar. Choro, rio e já durmo melhor...

 

 

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Comentários recentes

  • Narciso Baeta

    A estupidez é uma cegueira do espírito: não mata, ...

  • Anónimo

    O futebol é um dos pratos principais do actual est...

  • Anónimo

    Esse cardeal, é do mais atrasado que a ICAR tem… a...

  • Anónimo

    Eu gostava era de ver o Marcelo "genuíno" a dar u...

  • Anónimo

    Gostaria de mais informações Recebi uma proposta d...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D