Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

21
Out14

O que é que queres mais de mim?

Fátima Pinheiro

   "por aqui" (imagem tirada da net)

 

Perguntaste-me outro dia onde era Portugal. Disse-te que não sabia. Tu ficaste admirado. Sem saber o que dizia, eu menti naquela hora. Disse-te que não sabia, mas vou-te dizer agora. E não te direi com olhos doces "Vem por aqui". É para ires com o teu próprio passo.

 

Ando sempre de lanterna à procura. Neste caso: Portugal procura-se. Encontro então um vírus no Ministério da Educação, Ciência & Superior (não nasci ontem). Por causa deste “ébola” choram guitarras – viram ontem no “Prós e Contras”, as histórias bizarras? Almas vencidas? Noites perdidas? Por aí, sim, tem passado o meu País.

 

Amor ciúme, cinzas e lume, dor e pecado? Sim. Ao que os media me querem reduzir! As agendas, o politicamente correcto, as urgências, quem me paga o Jornal (viram aquele artigo do último "Sol", sobre o ainda Presidente da Câmara de Lisboa? Desisto desse "meio de comunicação"; melhor, foi ele que desistiu de mim, e não perde "nada" com isso, devo dizer). Querem reduzir-me a temas de fasquia cada vez mais minguante, isto é, desinteressante para um comum, saudável, mortal. A cor de António Costa, as lutas intestinais e religiosas, de sempre, como as de Pedro e Paulo. Os pecados de Salgados, de Lima, de Cruz. O recorrente caso da menina inglesa que “apaixonou” Algarve e Mundo, e que vende sempre. Tão bem como CR7 Mário Soares, José Sócrates, o Europeu 2016, Isaltino, Jardim, Bolo Rei, Mourinho, o Papa Francisco, e qualquer bom par de pernas, qual rampa de lançamento para o infinito. Ai, é verdade, e pedofilia; e se for no seio da Igreja ainda vende mais. Nas hierarquias então!

 

O que é que queres mais de mim? Correrá, nas minhas veias, sangue velho dos avós? Amarei eu o que é fácil! Sabes que não?!!! Eu quero Lua Cheia. Ou um Costa de remos (na fotografia que passou em todo o lado, e que só pode ser uma montagem, não se viam os remos), para este país "menino e moço" sempre novo. Tenha a cor que tiver.Tenho esperança. De olhos bem abertos, percorro a paisagem. Dá para perceber quem faz o quê. São esses que ajudam e interessam. E todos devem entrar. A fazer os TPC. Dizer mal do Governo, e cada semana por uma razão "nova"?

 

Já viram o que os miúdos dos nossos liceus fazem quando estão colocados todos professores? Eu sei. O “horário” deles está completo e fazem tudo menos estudar. E nas aulas estão noutra (eu já fui professora durante muitos anos).  Estou a generalizar, claro, mas a malta – nós – seremos ceguetas? Cinismo não, por favor. O que é que queres mais de mim?Já me bati em duelos, tomei de assalto castelos, por caminhos paralelos. Onde fica Portugal, até ao fim?

 

 

 

 

 

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D