Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

06.01.18

Peço tudo da vida!


Fátima Pinheiro

 

 

WIN_20161104_21_43_15_Pro.jpg

 

 

Simples. E  Francisco lembra. Na homilia do dia da Epifania, hoje, o Papa recordou que a estrela de Deus está “sempre presente”, mas há quem prefira seguir “estrelas cadentes” que, em vez de orientar, despistam.

O olhar contenta-se por vezes com pouco. Deixo andar  e não monto o camelo, fico no conforto do lado de cá. Nem sequer me espantam as estrelas do céu da minha varanda. Elas lá e eu cá, quase uma fatalidade. Viver com os olhos postos no céu, é a forma de ultrapassar um Natal do nosso descontentamento, decadente, a seguir luzes, estrelas, que inebriam, mas logo caem e desiludem.

Não desistir da Estrela segura, não cadente, porque não fui feita para menos. E não sou raposa ressentida.

"Há estrelas deslumbrantes, que suscitam fortes emoções mas não indicam o caminho”, disse o papa: "o sucesso, o dinheiro, a carreira, as honras, os prazeres procurados como objetivo da existência. Não passam de meteoritos: brilham por um pouco, mas depressa caem e o seu esplendor desaparece. São estrelas cadentes, que, em vez de orientar, despistam. Ao contrário, a estrela do Senhor nem sempre é fulgurante, mas está sempre presente: guia-te pela mão na vida, acompanha-te.”

 “Não ficar à espera; arriscar. Não ficar parados; avançar. Jesus é exigente: a quem O busca, propõe-lhe deixar as poltronas das comodidades mundanas e os torpores sonolentos das suas lareiras. Seguir a Jesus não é um polido protocolo a respeitar, mas um êxodo a viver.”, lembra Francisco.

E lança o milenar desafio: “Para encontrar Jesus, é preciso perder o medo de entrar em jogo, a satisfação do caminho andado, a preguiça de não pedir mais nada à vida”.

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

1 comentário

Comentar post