Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Renovai-vos pela transformação espiritual da vossa inteligência e revesti-vos do homem novo (Ef 4, 23-24).

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

17
Dez14

Segredo de Justiça:Fernando Santos e D.Manuel Clemente


Fátima Pinheiro

 

 

A uma semana do Natal, no lugar descontraído mas desafiante do Conhaque - Philo https://www.facebook.com/pages/ConhaquePhilo/520931661373616?fref=ts e www.casa-museumedeirosealmeida.pt -, pudemos ontem ouvir e falar com duas figuras ímpares da sociedade portuguesa sobre um dos temas mais centrais das nossas vidas: ''O que é selecionar?''. Fernando Santos, o selecionador nacional de futebol, e D. Manuel Clemente, Patriarca de Lisboa, aceitaram o desafio. Deram o seu testemunho sobre a importância da escolha. No futebol, na Igreja, e na vida. Realço um dos pontos em foco: a justiça. Afinal selecionar é mais simples do que parece.

 

Selecionar não é apenas escolher. Selecionar, no seu melhor, é escolher o “essencial”, o “fim a atingir”, sublinhou o Patriarca. O que é mesmo conveniente para a vida das sociedades e de cada pessoa? O ideal está em ter presente o bem comum e não reduzir a liberdade a um “nada” que nos impeça de um autêntico protagonismo? Uma coisa é certa: se não sabemos selecionar somos “selecionados” e acabamos por viver uma vida em segunda mão.

 

A maior preocupação de D. Manuel Clemente prende-se ao segredo de justiça: “O segredo de justiça, se existe, é para ser cumprido. Mas nós sabemos que é difícil mantê-lo por toda esta nuvem, para não dizer, parafernália mediática que precisa de ser constantemente alimentada e é difícil cortar isto”. E acrescenta: “O caminho da justiça, precisa de uma certa distância da opinião pública para poder levar os seus processos por diante”. E lamentou: “Às vezes, penso que será difícil, com este frenesim de casos sobre casos e mais casos, em que tudo fica julgado antes de o ser”. É este então um dos aspectos que mais o “preocupa em termos de sociedade livre e responsável."

 

Fernando Santos realçou que sem um sentido de justiça o nosso selecionar fica pela rama. E explicou esta afirmação com o seu testemunho pessoal. Uma tertúlia é uma tertúlia, é para quem está. Não vou por isso revelar aqui o “segredo” do que conversamos ontem. Aliás, tertúlias há muitas.

 

A de ontem concluiu um ciclo que se iniciou há seis semanas: conversas com tema pré definido mas informais, onde todos foram desafiados a filosofar, sentados a uma mesa de café, com vinho e, claro, conhaque. Por lá passaram Eduardo Lourenço e Sofia Areal (Falemos dos Outros, foi o tema); António Pinto Leite e Albano Homem de Melo (A gestão do amor); Maria do Rosário Lupi Bello e Paula Mendes Coelho (o que pode a literatura?); Francisco Seixas da Costa e Jaime Nogueira Pinto (AS curvas do mundo); José Milhazes e Henrique Monteiro (E a Leste?); e José Mouga e Luísa Pinto Leite (O que faz a beleza?).

 

No último debate de um ciclo que promete voltar, o improvável encontro de ontem, entre Fernando Santos e D. Manuel Clemente, lembrou-nos que não há vida sem escolhas: se não somos nós a escolher, outros se encarregam de o fazer por nós. Será assim tão difícil? É uma questão de prudência, uma virtude que escondemos debaixo do tapete, ou do relvado dos nossos passos.

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

2 comentários

Comentar post

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Comentários recentes

  • Narciso Baeta

    A estupidez é uma cegueira do espírito: não mata, ...

  • Anónimo

    O futebol é um dos pratos principais do actual est...

  • Anónimo

    Esse cardeal, é do mais atrasado que a ICAR tem… a...

  • Anónimo

    Eu gostava era de ver o Marcelo "genuíno" a dar u...

  • Anónimo

    Gostaria de mais informações Recebi uma proposta d...

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D