Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

13
Mai17

Só pode ter aparecido !

Fátima Pinheiro

O que faz Francisco vir à Cova da Iria? Acabo de estar a um metro e meio de distância deste homem terno e imponente. Que prescinde ou é, pelo menos, livre, de pompas e circunstâncias. Que sabe o que é a miséria e a ditadura. No meio dos Poderosos age como se estivesse com crianças. E não deixa de ser solene e impactar.  Entre outros gestos, que as televisões não se cansaram de por e repor, no percurso que fez da base aérea onde aterrou, até ao Santuário, fez o papa móvel parar algumas vezes para se enternecer e ser enternecido, por algumas delas. Brincou com duas bonecas, abraçou um rapaz com grave deficiência, virava-se e estendia-se para todos os lados. Sempre a amparar, consolar, abraçar e beijar. Isto entremeado por imagens dos que nos governam, dos que vestidos de fios, tm, e coisas que nem sei, faziam o trabalho para que tudo corresse bem. 

À noite, ontem, Ele  podia ter ficado de chinelos na Casa do Carmo, a ver pela janela, com se visse pela televisão, o mar de velas que é aquela vigília, de que há pouco João Canijo soube dar um cheirinho. Mas Francisco é um homem de "calle". Mal jantou e antes do terço das 21h e 30, é vê-lo uns vinte minutos antes, foro do papa móvel, a caminhar para a capelinha, onde rezou em frente ao local onde há Cem Anos apareceu a Senhora mais brilhante que o sol. Ninguém diz que tem um pulmão apenas e que tem 80 anos. O que O faz correr é a certeza do essencial. O fôlego e a juventude soltam-lhe um sorriso bom, alegre e inesquecível. Faz-nos por as sandálias e saltar, que urge. Mata a mornice panhonhas de acharmos que "ainda não". Ou "um dia". Artroses, noitadas e falta de tempo...

Disse que veio como peregrino mas também para celebrar o centenário das Aparições. "Temos mãe", disse repetidamente. Cristo é a Porta. E Ela é Mãe porque soube dar o Filho ao mundo. As mães dão tudo. As mães dão-se. Os pastorinhos deram-se, lembrava hoje Francisco que é agora nosso Pastor. Na véspera já nos tinha oferecido uma bela Mariologia.

Hoje o papa apontou-nos Jacinta e Francisco como santos. Conta connosco, pede-o insistentemente que rezemos por Ele. Sabe muito, muito bem o que o rodeia, e o que tem pela frente. Já partiu, um homem investido de mais sáude, força, coragem, profundidade, e outras coisas mais que o Bispo de Fátima lhe prometeu que iriamos rezar. Ele vai à luta. Também o disse quando chegou. Como disse hoje  que ser cristão é ser mariano.

Não vi, mas Ela apareceu.  Senão seria tudo isto uma brincadeira. A conversa do sermos tolerantes e respeitarmos, não leva a lado nenhum. É como um filho ao colo da mãe: essas palavras - tolerância e respeito - não cabem. Cabem outras palavras que não se sabem dizer. Cabe nada a não ser o lugar que se faz no colo. Temos mãe, "um manto de luz".

 

Da Homilia de hoje: "Deus criou-nos como uma esperança para os outros, uma esperança real e realizável segundo o estado de vida de cada um. Ao «pedir» e «exigir» o cumprimento dos nossos deveres de estado (carta da Irmã Lúcia, 28/II/1943), o Céu desencadeia aqui uma verdadeira mobilização geral contra esta indiferença que nos gela o coração e agrava a miopia do olhar. Não queiramos ser uma esperança abortada! A vida só pode sobreviver graças à generosidade de outra vida. «Se o grão de trigo, lançado à terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, dá muito fruto» (Jo 12, 24): disse e fez o Senhor, que sempre nos precede. Quando passamos através dalguma cruz, Ele já passou antes. Assim, não subimos à cruz para encontrar Jesus; mas foi Ele que Se humilhou e desceu até à cruz para nos encontrar a nós e, em nós, vencer as trevas do mal e trazer-nos para a Luz."

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D