Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

13
Mar18

José Miguel Júdice em western mood


Fátima Pinheiro

 

is (8).jpg

 

 

E eu que pensava que estava diante de cultura.  Senhor doutor de leis, sabe o que quer dizer Deus ex-machina? Sic: Aranjem comentadores que comentem, por amor de Deus. Com ideias. Que trapalhada. O nobre espaço de comentário não é para ajuste de contas. Para isso temos os Westerns.

Era sobre Marcelo e o Congresso do CDS. Enxergue-se, faça a sua contabilidade com Marcelo e não fale do que não sabe. E que chatice, temos agora uma senhora de excelência na política...

O que  o senhor advogado gostaria era de ser era político, não era?

11
Mar18

A matriz cristã da política


Fátima Pinheiro

 

image.jpg

 

 

Adriano Moreira lembrou ontem na abertura do Congresso do CDS que apenas três lideres religiosos discursaram na Assembleia Geral das Nações Unidas. Nada mais nada menos que três Papas : Paulo VI, S.João Paulo II e Bento VI. Esqueceu-se de dizer que Paulo VI vai passar a S.Paulo Vl, como foi anunciado há dias. E vão dois. Mas sublinhou as palavras sábias  de Paulo VI "o desenvolvimento é o novo nome da paz".  Curioso, no mínimo. Cadê os outros lideres?

 

Num discurso poderoso, a abrir o Congresso, no qual o "poder encantatório das palavras" foi rasante às doenças do mundo e de Portugal, foi claríssimo no reconhecimento da matriz cristã do CDS. E apontou para Assunção Cristas, ela própria essa matriz, em todos os seus aspectos. Por isso é que todos se sentem em casa. Alguns, como Adolfo Mesquita Nunes, até o disseram diante de todos.

Sem quaisquer rodeios, a matriz cristã o que é? Temos uma mãe e mestra. Que é exigente e ama. Que trabalha, sem cessar, no terreno.  Tantos e tantos que dão vida no terreno.  Sujam as mãos, consolam , e muitos são mortos, em silêncio, por Jesus.

Não sou nem conservadora, nem liberal. Prescindo, sempre que possivel, de adjectivos. Matriz cristã não precisa de mais adjectivos. Matriz cristã é o que é e o que tem feito, faz e se propõe fazer esta líder, que cresce cada dia, em especial neste congressso que se propõe fazer de Portugal mais e melhor, contando com cada um  para trabalhar e viver do e para o bem comum. Chega de conversa de chacha. O futuro é agora. E dizer tudo isto não é o mesmo que dizer que o CDS é o dono do cristianismo. Seria desvirtuar a política e a Igreja. O Cristianismo e a Igreja só têm um "dono".

Temos mulher. Alternativa pela positiva a esta geringonça que já não tem cara. Já agora o que Ela disse hoje  aqui  - O Cristianismo não oferece saídas fáceis, mas propõe uma vida moral sã, a recusa do mal, do egoísmo e da corrupção, explicou o Papa durante a  oração do Angelus, este domingo de manhã.

A matriz da política é cada pessoa criada por Deus à Sua imagem e semehança, razão da sua digindade.

 .

25
Out17

A política veste "Pravda"


Fátima Pinheiro

 

Ai se não fosse ela!  Ontem a moção de censura deu-nos uma grande lição. E sobretudo levantou-nos o ânimo. A Política é possivel. Temos sentido de Estado. A Política não tem cor nem veste Prada. A Política veste, sim Pravda. E nestes últimos meses  é de luto que tem dicilmente respirado. Mas está de volta, na sua Casa.

Era ver ontem a cara do Primeiro-Ministro enquanto Cristas apresentava a moção de censura. Encolhido,  envergonhado, censurado com razões que aquela senhora lia desfiando com fortaleza, sobriedade, e sentido de Estado.

Mas quem não se demitiu por um erro crasso, teve essa endurance e hoje já vai continuar a cirindar. Mas nada que apague o fogo em que se meteu.

Assunção falou o que eu queria dizer. E não sou a única. Falou por todos nós. E por Marcelo. Temos Parlamento, as instuições a funcionar. A lider parlamentar pôs os pontos nos "is"  de uma forma rigorosa e, nem mais, nem menos. E de forma educada, o que nem sempre se vé naquela casa. 

A moção não passou, é verdade. Mas passou. Quero dizer com isto que já nada será como dentes. E os "fofinhos" da esquerda mostraram mais uma vez que querem governar, doa a quem doer. E Costa ralado! Mas como não é um estadista, finca pé, e quais demitir-se!

04
Jul17

A Carlos o que é de Carlos, a César o que é de César


Fátima Pinheiro

sunrise1.jpg

  "Sunrise", Murnau (1927)

Enquanto a Coreia do Norte atinge "historicamente" o mar do Japão e Augusto Santos Silva, ontem, na RTP, "presumia" (eu sei, eu sei, que ele foi o escolhido - bruxo - por Costa para nos "governar", enquanto ele foi a banhos) de 1º Ministro, e Trump twitava neste 4 de julho tão singular, assim como que a gozar com o lider coreano e a apressar a China, enquanto isto tudo , uf, Carlos César defendeu o indefensável. Ele é que precisava de umas boas férias, daquelas de mais de 22 dias. Nenhuma situação se resume a demissões, disse. Pois. O resto é também um chorriho de lugares pouco comuns. Pelo menos, comigo nada têm de comum. Que governar - transcrevo - se reduz a coordenar. Que Costa tem direito a férias e que nós não temos nada com isso, ao que digo que eu me preocupo com quem nos governa, pois todos temos direito ao descanso, mas, claro, descanso depois do trabalho. Por exemplo, quem precisa de umas boas férias são os bombeiros, são os meus compatriotas de Pedrógão (desculpem- me esta espécie de humor negro, os que morreram já foram...), e férias deste desgoverno. Por outro lado, também lamento as férias precoces da geringonça, e do nosso Presidente.

A política da avestruz até pode dar resultado. Mas não é digna desse nome. A Democracia que ofereceu de bandeja o governo a estes senhores que agora ainda querem pedir as armas a Espanha, e que, ainda na voz de quem já foi ministro de várias pastas, incluindo a da Defesa, vem pedir com um rosto cheio de gravidade e de indignação que se deixem as Forças Armadas de fora do jogo político, essa política, dizia eu , não merece esse nome.  Não haverá por aí ninguém que fale com mais autoridade e responsabilidade  - mais soberano - sobre as Forças Armadas? Nem está mais que sabido que nada escapa aos jogos políticos?

Parabéns Assunção Cristas, parabéns Clara Ferreira Alves, respetivamente ontem e no eixo do mal, pelo que disseram do que é imputado a este governo. E desculpe senhor primeiro ministro, embora saiba que não lhe vou estragar as férias, o senhor foi de férias para não se queimar, diga lá!!! Até o percebo, já houve fogo para dar e vender. Mas Portugal não vai de férias não. Há neste País exemplos notáveis de pessoas que todos os dias vão fazendo obra.

Mas olhe, há males que vêm por bem. Deu para ver quem ainda é primeiro ministro. Enquanto isto, ontem, depois do trabalho, ainda tive tempo de ir à cinemateca ver um filme que recomendo, a mim, em primeiros, e a todos, O Retrato de Dorian Gray.

 

Sobre mim

foto do autor

Pesquisar

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Welcome back home...

  • Anónimo

    O AVC fez-te escrever ainda melhor! Welcome back!!

  • Fátima Pinheiro

    É mesmo!

  • pita

    Creio que será claro que Fátima, pelo que escreve,...

  • pita

    Um excelente (grande) filme. Tão marcado fiquei q...

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D