Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

Rasante

De tudo um pouco. Cada manhã. Ao sair da pena, bem cedinho. Tudo me interessa.

30
Mar15

Miguel Araújo: a felicidade é ter a mão na massa (audio)

Fátima Pinheiro

 

 Miguel Araújo, ontem no encerramento do Meeting/ TM rasante

 

Miguel Araújo, um dos membros fundadores do grupo "Os Azeitonas", deu ontem o toque final do Meeting de Lisboa 2015. Fê-lo com um olhar e uma presença onde "há qualquer coisa" . O seu recente album a solo "Crónicas da Cidade Grande" é qualquer coisa! Obrigatório. Fala de mim, como poucos. Fala de todos, ao cantar a vida de um homem, o José Santos, um homem "normal", com uma vida que termina na "Valsa Redonda" , última música do album.

 

Trocamos algumas palavras no final da sua intervenção no painel conclusivo do Meeting. Registei-as e gravei-as num lugar dentro de mim. Um olhar que ganhei. E é isto que, não sei por que feitiço, nos vai dando sempre novo alento.

 

Foi um encontro, que afinal é o que este evento cultural pretende ser: um espaço de encontro. Verifiquei-o neste seu olhar cantante, que sabe que a felicidade é um dever, é uma coisa que dá muito trabalho, com o gozo de ter sempre a mão na massa. O Norte tem uma pronúncia e um olhar onde "ele há qualquer coisa"...

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).
29
Mar15

Vem comigo ver a felicidade: "É que há qualquer coisa", vai cantar o Miguel Araújo

Fátima Pinheiro

 

 ontem à noite /TM rasante                                      Miguel Araújo/ Imagem da net

 

aqui dei notícia do Meeting de Lisboa 2015, a decorrer na tenda do CCB e que termina hoje. O  tema: "Se a felicidade não existe, então o que é a  vida ?" “São histórias de homens e mulheres que vivem na certeza da felicidade que queremos propor no Meeting Lisboa, através de exposições, encontros, concertos e espaços de convívio” resume a Associação Cultural Meeting Lisboa (ACML) promotora da iniciativa.  "É que há qualquer coisa", é o que vai "cantar" Miguel Araújo - o dos Azeitonas - na conferência de encerramento às 16h. Vou a correr, a hora mudou.

 

Ontem à noite, Elvira Fortunato, Henrique Leitão e Afonso Reis Cabral testemunharam que os Prémios que receberam são partilhados e que ajudam, incentivam, e são uma coisa boa que aumenta exposição e responsabilidade, mas estão noutro registo, que não é o da felicidade. A felicidade existe sim, mas não é efémera. Um prémio não enche o "coração". É uma alegria momentânea. A vida? Uma pergunta encarnada que nos toca. 

 

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13). Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Exortai-vos cada dia uns aos outros, até ao dia que se chama «Hoje» (Hebr 3, 13).

Links

imagens rasantes

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D